Biologia

Blog da Mutual: Um pouco de Caos para a Vida e para as Ciências da Vida

Muito comumente associa-se a palavra caos a significados que expressam desordem, bagunça, descontrole e confusão. Em meio a tal trama de significados não é surpresa que Teoria do Caos seja imaginada por muitos como algum tipo de teoria científica que tenta lidar com a explicação de coisas desordenadas, tal qual uma luz cuja finalidade é enxergar a lógica de fenômenos de um domínio sem leis, onde o acaso e a bagunça governam de maneira arbitrária e totalitária. Porém, tal concepção destoa bastante do sentido científico da palavra, e o real sentido de caos possui implicações muito fortes para a vida, e para as ciências da vida.

De maneira simples caos é um fenômeno que possui sensibilidade às condições iniciais, também denominada efeito borboleta. Efeito borboleta significa imprevisibilidade inerente, mesmo na total ausência de acaso e na presença de leis absolutamente claras. Ou seja, a ordem e o determinismo (ausência de acaso) são os governantes, e o “reino” possui na realidade leis específicas e claras. Se você estiver estudando um fenômeno caótico isto significa que mesmo que conheça o modelo matemático que rege tal fenômeno e exclua totalmente a influência do acaso, qualquer ínfima alteração em uma casa decimal de um dado mensurado implicará em um resultado final completamente distinto de sua previsão.

Fonte: Mutual

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s