Paleontologia

Isótopos de minerais podem revelar se dinossauros tinham sangue frio ou quente

O apavorante e enorme Tyrannosaurus rex tem uma reputação de matar suas vítimas a sangue-frio. Mas será que esse dinossauro era ectotérmico (tinha sangue frio)?

Em função dos fortes laços evolutivos entre répteis (ectotérmicos) e aves (endotérmicos), torna-se difícil saber se os dinossauros também não eram capazes de regular a própria temperatura corporal interna.

Um novo método de estudar as ligações químicas de um mineral encontrado nos dentes e ossos desses animais pode finalmente oferecer uma maneira de resolver essa dúvida.

Pesquisadores descobriram isótopos pesados de carbono e oxigênio se ligam de forma diferente na versão biológica do mineral apatita (componente principal dos ossos e dentes de animais, vivos ou extintos). “Esses isótopos raros são propensos a se unir em grupos a baixas temperaturas; portanto, se medirmos a aglutinação com precisão suficiente, é possível descobrir em qual temperatura o mineral foi precipitado”, explica Robert Eagle, pesquisador de pós-doutorado em geoquímica no California Institute of Technology e principal autor do novo estudo, publicado on-line no dia 24 de maio no Proceedings of National Academy of Sciences.

Fonte: SCIAM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s